Por favor configurar sua chave API!

Campo Maior Notícias

Notícias

 Extra!

Após rebelião, governador decreta emergência na Penitenciária de Esperantina

Após rebelião, governador decreta emergência na Penitenciária de Esperantina
outubro 08
21:24 2017

esp-06.jpg

Foto: Jornal Esp

esp-03.jpg

Foto: Jornal Esp

Após a rebelião registrada na Penitenciária Luiz Gonzaga Rebelo, em Esperantina, o governador Wellington Dias decretou, neste sábado (7), situação de emergência no presídio.

Durante a confusão, detentos do pavilhão C e D  quebraram paredes da unidade prisional e comprometeram a estrutura física da penitenciária. O decreto emergencial destinará reforços das forças de segurança pública para garantir a ordem e disciplina no presídio e iniciar reparos na penitenciária que, de acordo com a secretaria estadual de Justiça, “foi muito danificada com a rebelião”.

O secretário de Justiça, Daniel Oliveira, está em Esperantina realizando uma vistoria na penitenciária da cidade. O gestor informa que a Sejus e a Polícia Civil iniciaram investigações para identificar o que causou a rebelião.

De ontem para hoje, a Secretaria de Justiça transferiu mais de 100 presos de Esperantina para outras unidades prisionais e já iniciou as buscas para recapturar os fugitivos. Por questões de segurança, a Sejus não informa para onde os detentos foram transferidos. A informação é de que 15  detentos  ficaram feridos durante a confusão e seis destes foram levados para atendimento no Hospital de Urgência de Teresina. Segundo o HUT, todos tinham perfurações. Alguns passaram por cirurgia e não correm risco de morte.

50 foragidos

A Sejus confirmou que 75 presos fugiram durante a rebelião na Penitenciária de Esperantina. 20 deste já foram recapturados e  cerca de 55 presos que ainda estão foragidos.

Uma equipe de mais de 30 policiais militares e agentes penitenciários está envolvida na operação de recaptura dos foragidos.

A rebelião na Penitenciária de Esperantina iniciou por volta das 13h de sexta (6) e foi controlada às 17h40, quando a Tropa de Choque da Polícia Militar entrou na unidade. Os detentos conseguiram chegar na parte mais alta do presídio e reivindicavam a presença da imprensa e dos Direitos Humanos.

Com informações Cidadeverde.com

Compartilhar

0 Comentários

Ainda não há comentários!

Não há comentários no momento, você quer adicionar um novo?

Escrever um Comentário

Escrever um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *

dois × dois =

Curta no Facebook

TV PARAÍBA – CAMPO MAIOR NOTICIAS

TV PARAÍBA 2- CAMPO MAIOR NOTICIAS